Crime ambiental

Homens são presos por maus-tratos e caça a animais silvestres em Caxias do Sul

Sete cachorros estavam acorrentados sem água e comida na propriedade que fica no interior do município. Polícia encontrou carne de animais em freezer 

Sem conexão
Seis cachorros e uma cachorra estavam acorrentados sem água e comida na propriedade que fica no interior do município

Após uma denúncia, dois homens foram presos na tarde desta terça-feira (17) em uma propriedade rural em Capela Nossa Senhora do Caravaggio, na 6ª Légua, no interior de Caxias do Sul. Um deles, de 51 anos, foi autuado em flagrante por maus-tratos a animais e caça de animal silvestre. O outro homem, de 33 anos, foi autuado por posse ilegal de arma de fogo. Ele foi liberado mediante pagamento de fiança de R$ 800. Além da Polícia Civil, uma equipe da 2ª Cia de Polícia Militar Ambiental e da secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semma) participaram da ação. 

Sem conexão
Homens são presos por maus tratos, caça a animais silvestres e posse irregular de arma em Caxias do Sul

De acordo com a polícia, foram encontrados na propriedade seis cachorros e uma cadela acorrentados, sem água e sem comida. Na parte de externa do galpão, no interior de um cesto, havia pele de quatro quatis, que são animais silvestres. Em freezers, a polícia encontrou carne congelada de diversos animais, como quati, cutia, lebre, tatu e de 300 pássaros silvestres. Também foram achadas três armadilhas, sendo que uma delas tinha um pássaro preso, e que foi solto pelos policiais.

Sem conexão
Havia carne de animais estocadas no freezer

O homem de 51 anos entregou aos policiais duas espingardas, de cal.12 e cal.32, e uma espingarda de pressão, uma delas sem registro. Na residência do homem de 33 anos foram encontradas uma espingarda cal.20, uma cal. 36 e uma calibre .32, esta sem registro.

Mais GZH