Mudança à vista

Após reclamações de torcedoras, Grêmio estuda lançar modelo feminino de novas camisas 

Diferença entre as golas dos uniformes produzidos pela Umbro não agradou e clube propôs mudança à fornecedora

Sem conexão
Camisa de jogo foi lançada apenas na versão masculina para torcedores

Lançado no final de abril, os uniformes do Grêmio para a temporada 2019 gerou insatisfação em parte da torcida feminina. Isto porque a camiseta de jogo, utilizada pelos atletas, foi disponibilizada apenas no modelo masculino. A diferença está no detalhe mais celebrado do fardamento: a gola. 

Nas redes sociais, as torcedoras reclamaram. Em publicações nos perfis oficiais do clube sobre a os novos uniformes, mulheres questionavam a diferença entre os modelos e pediam que a versão feminina ganhasse a gola como a da original. As reclamações chegaram até o Grêmio, que propôs mudanças à fornecedora esportiva. 

— Eu mesmo já falei com a Umbro e estamos vendo uma possibilidade. Pedi que analisassem, pois o Grêmio prioriza muito o seu consumidor, que é o torcedor. E a Umbro é uma grande parceira, temos uma relação excelente. Eles estão sempre muito receptivos para nos ouvir. Por isso, há a chance de o modelo com gola ser lançado também na versão feminina, estamos vendo a viabilidade técnica disto. O modelo feminino atual também continuaria disponível para aquelas que preferem sem gola — explicou o diretor de marketing do Grêmio, Beto Carvalho.

A reportagem procurou a Umbro para se posicionar sobre o assunto. A fornecedora de material esportivo do Grêmio aceitou responder perguntas por e-mail. Confira a explicação:

A Umbro lançou a versão masculina para torcedor da nova camisa principal de jogo do Grêmio. Não há, porém, a versão feminina para torcedoras. A gola, principal detalhe do modelo de 2019, por exemplo, só existe na peça masculina. Por quê?
A Umbro é uma marca que vive exclusivamente para o futebol. Nos orgulhamos de ver que a nossa história corre ao lado de um clube grandioso como o Grêmio, com quem já criamos belos uniformes, reverenciados mundialmente. É importante ressaltar que temos um cuidado especial com cada clube, fazendo com que não utilizemos um mesmo padrão de design para todos os clubes com quem temos parceria. Nosso padrão de desenvolvimento de uniformes passa sempre por aprovação e anuência com a diretoria do clube parceiro e entendimento dos desejos de sua torcida, além de trazer as essências e histórias dos clubes. Como em todos os lançamentos, a Umbro cria algumas versões do mesmo manto – neste caso temos a opção game, classic e a feminina diferenciada, para atender a demanda gerada para o público. Por isso há diferenciação de modelagem no corpo e até mesmo na gola.

A camiseta do Cruzeiro, outro time que também tem a Umbro como fornecedora de material esportivo no Brasil, tem versão feminina e masculina com os mesmos detalhes da camiseta de jogo. Por que há essa diferença de tratamento entre dois clubes atendidos pela mesma marca?
Um dos grandes diferenciais da Umbro é que conseguimos trabalhar de maneira dedicada para cada clube, de forma individualizada, disponibilizando um time interno para atender as necessidades demandadas pelo time, que é representado por sua diretoria nesse contato direto entre as partes. Temos o orgulho de nunca entregar camisas padrões para os clubes, uma vez que buscamos sempre inovar, sem deixar de lado a essência e tradição das equipes.

Como funciona o processo de aprovação dos modelos femininos? Há consulta sobre o que as torcedoras preferem?
O processo de criação e desenvolvimento de todas as camisas é feito sempre em conjunto, envolvendo o clube e a Umbro. Da concepção da ideia até a entrega do produto final, em todas as fases do processo, o clube e a marca firmam reconhecer a entrega que será feita no final, assinando que estão de acordo. A torcida é um elemento essencial para que os projetos sejam concluídos, sempre. Para atender aos anseios do torcedor, estamos sempre antenados aos pedidos que nos fazem, incluindo os que são expressos nas redes sociais.

Muitas torcedoras gremistas manifestaram descontentamento com a nova camiseta feminina. A marca acompanha essas reclamações? Há alguma possibilidade de mudança no uniforme feminino?
Estamos acompanhando todas as manifestações. Entre elas, identificamos que há pontos positivos, os quais devemos manter, e pontos negativos, que levaremos em consideração para os próximos lançamentos.

Ainda não tem o app Tricolor GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Grêmio na palma da sua mão!  

Mais GaúchaZH